Os ares de uma decisão

12/12/2017 - Situação: Publicado
Os ares de uma decisão

Com expectativa de Galegão lotado, Blumenau recebe hoje Mafra pela final da Copa SC

 

Passaram-se oito meses desde que abnegados deram início a um projeto modesto e que queria algo simples: manter Blumenau no cenário catarinense do futsal. Com poucos recursos, a ideia era apenas fazer com que a bola pesada continuasse a rolar nos ginásios da cidade, com a visão de projetar para anos seguintes o famigerado “algo mais”. Primeiro os diretores queriam apenas disputar o Estadual. Conseguiram mais do que isso, chegando às quartas de final. Depois, almejavam somente se classificar aos Jogos Abertos de Santa Catarina. Garantiram o troféu de terceiro lugar. Por fim, sonhavam com estar na decisão da Copa Santa Catarina. É aí que chegamos ao dia de hoje.
 

No Ginásio Sebastião Cruz, o Galegão, os atletas do Blumenau Futsal poderão fazer história hoje à noite, a partir das 20h30min, no jogo de volta da decisão – na ida, vitória da equipe do Vale por 2 a 1. Contra Mafra, o time tem a chance não apenas de conquistar o primeiro título da história, como recolocar a cidade no cenário de campeões em nível estadual depois de 39 anos – o Guarani Esporte Clube, campeão catarinense em 1978, foi o último blumenauense a erguer a taça da principal competição do futsal no Estado. Tudo bem que a Copinha é uma competição secundária, sem a presença dos clubes que disputam a Liga Nacional, mas isso não é suficiente para diminuir o tamanho dela ao time de Blumenau. Pelo contrário.

– É um momento inacreditável. Espetacular. Víamos essa competição como uma possível porta de entrada para conquistar algo neste ano e absolutamente tudo deu certo. Se o título vier, vai coroar o trabalho de todo mundo. Somos poucos, mas que sonham alto. Nosso time está cascudo, aprendeu com os erros durante o ano e isso dá força – avalia o otimista Marcelo Weber, presidente do Blumenau Futsal.

ANDI É O ÚNICO DESFALQUE DA EQUIPE DE BLUMENAU

Ainda em recuperação de uma cirurgia para a retirada do apêndice, o ala Andi vai desfalcar o Blumenau Futsal na segunda partida da decisão. Em compensação, é o único problema que o técnico Alexandre Melo, o Xande, terá para o jogo de volta. Os demais jogadores estarão todos à disposição para buscar o título inédito diante do torcedor, que promete lotar a arquibancada do Galegão. Para se ter ideia, somente até sexta-feira, 1,2 mil ingressos antecipados já haviam sido vendidos. A diretoria quer 100% de ocupação: 3.062 pessoas nas cadeiras do ginásio.

Em quadra, Xande diz que embora haja otimismo, nada está ganho e será preciso novamente ter obediência tática para vencer Mafra e erguer o troféu.

– Vamos falar sobre a existência do Blumenau Futsal. Tudo como uma grande oportunidade e não uma desculpa. Temos um objetivo comum e vemos as coisas como grandes chances para aprender, construir, transformar. Essa é nossa essência e esse é nosso grande desafio amanhã (hoje). Fazer por merecer o título e honrar o que trabalhamos – explica o técnico Xande, de Blumenau.

Serviço do Jogo:

O quê: Blumenau x Mafra, pela final da Copa SC

Quando: hoje, às 20h30min

Onde: Ginásio Sebastião Cruz, o Galegão

Quanto: R$ 5

 

Fonte: AUGUSTO ITTNER | BLUMENAU / augusto.ittner@somosnsc.com.br